American LM Series | 12 Horas de Sebring

Audi R15 estreia com vitória apertada sobre a Peugeot em Sebring

Segunda-feira, 23 de Narço de 2009, 14:53

Getty Images

O novo Audi R15 conseguiu uma vitória com 22s de vantagem para o rival Peugeot 908

Redação ULTIMAVOLTA.com

O trio Rinaldo Capello / Tom Kristensen / Allan McNish começou bem o ano no American Le Mans Series e faturou a vitória nas 12 Horas de Sebring, EUA, com o novo modelo Audi R15. Foi uma conquista suada após intenso duelo contra o Peugeot 908 do trio Franck Montagy / Stéphane Sarrazin / Sébastien Bourdais, que chegou apenas 22 segundos atrás. O brasileiro Jaime Melo Jr. foi o vencedor da categoria GT2.

O Audi número 2 e o Peugeot numero 08 permaneceram as 12 horas correndo na mesma volta e a vantagem para o carro alemão se deu apenas na hora final. A 42 minutos do fim, Franck Montagny fez a última parada nos boxes para o carro francês. Allan McNish percebeu o momento e acelerou o ritmo para construir vantagem, fazendo um splash and go a 14 minutos do fim e permanecendo na dianteira até a bandeirada.

Este final só aconteceu porque na nona hora de corrida o Peugeot #08 - naquele momento com o titular da Toro Rosso, Sébastien Bourdais, ao volante - teve um furo e precisou de um pit stop emergencial, que alterou toda a estratégia do carro. Mesmo assim, ao fim da prova, o ritmo forte entre os concorrentes resultou em novo recorde de voltas completadas, quilometragem de prova e média horária. “O furo não ajudou, mas Allan McNish simplesmente matou a gente”, confessou Bourdais, sobre o forte ritmo imposto pelo escocês no sprint final.

AP Photo

A Peugeot lamenta que um pit stop de emergência atrasou seu carro #08, 2º colocado

O outro trio da Audi, Lucas Luhr / Mike Rockenfeller / Marco Werner, completou o podium, chegando duas voltas atrás. O segundo Peugeot, de Nicolas Minassian / Pedro Lamy / Christian Klien chegou em quinto lugar, depois de perder nove voltas no pit para resolver problemas no condicionamento de ar da cabine do carro, uma novidade da versão 2009 do carro. Na frente do Peugeot #07 chegou o melhor carro da categoria LMP2, o Acura ARX-01b do veterano mexicano Adrian Fernandez, que dividiu a condução com se conterrâneo Luis Diaz.

Foi a terceira estreia bem sucedida de um protótipo da Audi, como bem lembrou Tom Kristensen: “Vindo com carro novo, em uma corrida difícil, e fazer o recorde de distância, mesmo com três bandeiras amarelas, foi realmente extraordinário e mostra a excelência dos últimos três carros - o R8, R10 e agora o R15”, disse o dinamarquês, que agora detém o recorde de cinco vitórias em Sebring.

Grande termômetro apontador de favoritos para as 24 Horas de Le Mans, disputada no mês de junho, Sebring assistiu a mais uma dura batalha entre Audi e Peugeot e seus modelos diesel. O novo modelo Acura ARX-02a da equipe de Gil de Ferran chocou a todos ao conseguir a pole-position com o campeão da IRL, Scott Dixon. Mas o modelo nipo-americano ainda não está no mesmo nível de Audi e Peugeot quando o assunto é ritmo de corrida, já que foi superado pelos quatro carros da concorrência no começo da prova e abandonou com uma falha na suspensão na oitava hora da prova.

Vitória brasileira

Regis Lefebure

Melo Jr. largou em último, mas conseguiu vencer na categoria GT2 com sua Ferrari 430

Se Gil de Ferran ainda não tem em seu Acura um modelo bom o suficiente para brigar pela vitória no quadro geral, o Brasil não saiu de Sebring sem uma conquista. Na categoria GT2, Jaime Melo Jr. sagrou-se vencedor com o ex-F1 Mika Salo e o alemão Pierre Kaffer a bordo da Ferrari 430 da Risi Competizione. “É ótimo começar o ano com vitória”, festejou o brasileiro de 28 anos. Ele e Salo já haviam vencido a corrida de Sebring em 2007, tendo o britânico Johnny Mowlen como companheiro de equipe.

Melo, Kaffer e Salo haviam conquistado a quarta posição no grid da GT2. Contudo, tiveram de largar em último entre os 26 carros participantes. “O problema foi comigo. Tive problemas com o visto de entrada nos EUA, cheguei aqui com atraso e não participei de nenhum treino à noite. A equipe tinha a opção de manter a posição no grid, mas neste caso eu estaria proibido de pilotar o carro à noite durante a corrida”, explicou o brasileiro.

A decisão da Risi, para Melo Jr., representou um voto de confiança. “Foi uma prova da confiança deles não só no meu trabalho, mas no bom trabalho de toda a equipe na preparação para esta corrida. Nós não tínhamos o melhor carro para as cinco primeiras voltas, mas tínhamos um ótimo carro para 20, 25, 30 voltas, e isso foi o que nos levou a mais essa vitória. Não enfrentamos nenhum tipo de problema, hoje foi tudo perfeito”, exultou.

Na categoria GT1, o também ex-F1 Jan Magnussen, junto com Johnny O’Connell e Antonio Garcia venceram com um Corvette, chegando no sétimo lugar geral, com uma volta de vantagem para o outro Corvette, de Olivier Beretta / Oliver Gavin / Marcel Fassler.

ALMS

O novo Acura de Gil de Ferran foi pole, mas ainda não tem bom ritmo de corrida

Confira o resultado final em Sebring, primeira corrida do ano:

1) [LMP1] Capello/Kristensen/McNish (Audi R15), 12h00min38s638
2) [LMP1] Montagny/Sarrazin/Bourdais (Peugeot 908), + 22.279s
3) [LMP1] Luhr/Rockenfeller/Werner (Audi R15), + 2 voltas
4) [LMP2] Fernandez/Diaz (Acura ARX-01B), + 23 voltas
5) [LMP1] Minassian/Lamy/Klien (Peugeot 908), + 27 voltas
6) [GT1] O'Connell/Magnussen/Garcia (Corvette C6.R), + 34 voltas
7) [GT1] Gavin/Beretta/Fassler (Corvette C6.R), + 35 voltas
8) [GT2] Melo/Kaffer/Salo (Ferrari 430 GT), + 51 voltas
9) [GT2] Companc/Russo/Bruni (Ferrari 430 GT), + 53 voltas
10) [GT2] Farnbacher/James (Panoz Esperante), + 54 voltas
11) [GT2] Bergmeister/Long/Lieb (Porsche 911 GT3), + 57 voltas
12) [GT2] Law/Neiman/van Overbeek (Porsche 911 GT3), + 57 voltas
13) [GT2] Krohn/Jonsson/van de Poele (Ferrari 430 GT), + 58 voltas
14) [GT2] Robertson/Robertson/Murry (Doran Ford GT MK7), + 80 voltas
15) [LMP1] Brabham/Sharp/Franchitti (Acura ARX-02a), + 81 voltas
16) [GT2] Henzler/Werner/Lietz (Porsche 911 GT3), + 109 voltas
17) [GT2] Feinberg/Hall/Holt (Dodge Viper), + 132 voltas
18) [LMP1] De Ferran/Pagenaud/Dixon (Acura ARX-02a), + 137 voltas
19) [GT2] Drayson/Cocker/Bell (Aston Martin), + 179 voltas
20) [LMP1] McMurry/Willman/Burgess (Lola-AER B06/10), + 232 voltas
21) [LMP2] Leitzinger/Franchitti/Devlin (Lola-Mazda B09 86), + 234 voltas
22) [GT2] Muller/Milner (BMW E92 M3), + 243 voltas
23) [LMP2] Dyson/Smith/Lally (Lola-Mazda B09 86), + 256 voltas
24) [GT2] Gigliotti/Curran/Molo (Riley Chevrolet), + 294 voltas
25) [LMP1] Field/Field/Ducote (Lola-AER B06/10), + 306 voltas
26) [GT2] Hand/Auberlen (BMW E92 M3), + 356 voltas

* Em negrito, os vencedores de cada categoria

A próxima etapa do ALMS será nas ruas de St. Petersburg, Flórida, no mesmo fim de semana da prova inaugural da Indy Racing League, em 4 de Abril.